PENTACON DIGITAL CAMERA

Roteirista, diretor e sócio-fundador da Osso Filmes.

Diretor e roteirista dos curtas-metragens em animação O Limpador de Chaminés (2002), Propriedades de uma Poltrona (2010) e Céu, Inferno e Outras Partes do Corpo (2011), roteirista e assistente de direção do longa-metragem Wood e Stock – Sexo, orégano e rock’n’roll (2005), roteirista do longa Até que a Sbórnia nos Separe (2013) e do longa A Cidade dos Piratas, baseado nas tiras de Os Piratas do Tietê, da cartunista Laerte Coutinho e produção da Otto Desenhos Animados.

Rodrigo John também atuou por quase 10 anos como professor de animação no curso de Realização Audiovisual da Unisinos. Mais recentemente, como artista visual, realizou a vídeo-instalação Mirante, no Atelier Subterrânea (2010) e participou do projeto Casa M Bienal do Mercosul, em parceria com a artista Carla Borba e com o coletivo Avalanche. Em 2011 abriu a Osso Filmes em parceria com James Zórtea e atualmente trabalha na direção do curta Sopro, com financiamento do MINC, na direção do longa documental Mirante, com financiamento do Fundo Setorial do Audiovisual e FAC/RS, no desenvolvimento de projeto de longa-metragem Ceci Bon, com fomento do PRODAV 5 do FSA e no roteiro e direção do longa em animação  Memórias póstumas de Brás Cubas, em fase de captação.
Sobre a Osso
Adriana Hiller | James Zortéa | Rodrigo John | Vado Vergara